quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Os portões de John Connolly


   

Os portões

de  John Connolly

Título Original:     The Gates
Tradutor:     Dênia Sad

Páginas:     304
Formato:     16 x 23 cm
  

Como todas as suas obras voltadas para o público jovem, John Connolly, em Os portões, apresenta uma história extremamente criativa, com uma linguagem típica dos jovens e várias citações literárias importantes, desde São Tomás de Aquino até a teoria quântica. Como o próprio autor afirma, “um livro precisa, acima de tudo, ensinar às pessoas amar a literatura”. Escrito para um público mais novo do que o de O livro das coisas perdidas, sua obra anterior publicada pela Bertrand, mas, da mesma forma, original, o livro possui várias citações e mensagens subliminares ao longo de toda a trama. Connolly, conhecido por sua criatividade mágica, consegue novamente produzir uma história diferente de todas as demais do gênero. Os portões é uma narrativa divertida e mágica de um menino de 11 anos que, ao lado dos dois melhores amigos e seu cachorro, precisa evitar que os demônios vindos do inferno dominem o planeta Terra. O título do livro refere-se às portas que se abrem para a saída dessas criaturas malignas.  John Connolly mistura fantasia, humor e ciência numa história arrebatadora, que prova que aprender também pode ser muito divertido. Com certeza, todo leitor vai se divertir com as notas de rodapé do autor.  “Demoníaco e sombriamente cômico, salpicado de ciência, história e notas de rodapé engraçadas sobre todos os assuntos, desde São Tomás de Aquino até a teoria quântica.” (Daily Telegraph) “Chocante!” (Jeffrey Deaver) “Connolly tem uma mente repleta de histórias fantásticas.” (O Estado de S. Paulo)
 




O AUTOR
John Connolly
nasceu em Dublin em 1968. É o autor irlandês mais conhecido pelo mundo na atualidade e o primeiro autor não americano a ganhar o prêmio US Shamus.



Lançamento







Entre mundos de Brenna Yovanoff


   

Entre mundos

de  Brenna Yovanoff

Título Original:     The Space Between
Tradutor:     Sibele Menegazzi

Páginas:     392
Formato:     16 x 23 cm

    

Depois do enorme sucesso de O substituto, Brenna Yovanoff, no esperado Entre mundos, envereda novamente pelo gênero fantástico, tendo sempre como pano de fundo um mundo nebuloso e personagens sombrios. Os romances da autora já ultrapassaram a marca de um milhão de cópias vendidas no mundo, figurando sempre nas listas de mais vendidos dos EUA e da Grã-Bretanha.  A protagonista Daphne vive em Pandemonium desde que nasceu e sempre se sentiu excluída, um peixe fora d’água. Mesmo sendo filha de Lúcifer e Lilith, a mulher mais poderosa do inferno, a menina sempre teve o desejo de uma vida diferente da de suas irmãs, que se alimentam do sofrimento humano. Já seu irmão, Obie, que se dedica a salvar espíritos desvirtuados na Terra, é um ídolo e a esperança de Daphne para mudar de vida.  Quando Obie é raptado, Daphne foge para a Terra para resgatá-lo e tentar encontrar seu verdadeiro caminho. Ela só não imaginava conhecer o misterioso e desprotegido Truman.  O novo livro de Brenna Yovanoff é mais do que um romance para jovens, como a maioria no mercado editorial. Ele apresenta, além de uma história intrigante, um debate inteligente e bem-construído a respeito do bem e do mal na sociedade. Com isso, a autora desconstroi o maniqueísmo inerente aos seres humanos, que estão sempre buscando o mocinho e o vilão.  Entre mundos é um romance transcendental sobre uma jovem – que também é um demônio – e sua procura pelo amor na Terra. Uma história que põe em questão a ética, os valores e os sentimentos humanos neste e em outros mundos.   


A CRITICA
“Uma história nada sentimentaloide e um sopro de ar fresco nesse gênero.” (Booklist) “Essa fantasia sombria e poderosa contém momentos de beleza, terror e muita sabedoria.” (Publishers Weekly)


Lançamento




A cidade sombria de Catherine Fisher


   

A cidade sombria

de    Catherine Fisher

Título Original:     The Dark City
Tradutor:     Bruna Hartstein
 
Coleção:     O Mestre das Relíquias
Páginas:     336
Formato:     16 x 23 cm

  

Após o grande sucesso de O círculo negro, chega às livrarias A cidade sombria, primeiro volume da Série O Mestre das Relíquias. Considerada uma das melhores escritoras contemporâneas de livros de fantasia pelo jornal The Independent, Catherine Fisher tem seus romances sempre presentes nas principais listas de mais vendidos dos EUA e da Grã-Bretanha. A única esperança para Anara, um mundo às portas da total devastação, se encontra em um mestre, seu aprendiz e nas antigas e ilegais relíquias com poderes misteriosos que eles colecionam. Ao saírem à procura de uma delas, escondida há séculos, Raffi e Galen serão caçados, espionados e testados além dos seus limites, pois existem monstros — alguns deles humanos; outros, não — que também desejam o poder desta relíquia e lutarão por ela até o fim. Em A cidade sombria, o mundo construído pela autora é incrível, e os personagens, inesquecíveis. Com certeza, o leitor será surpreendido com o desenrolar da trama e o final estarrecedor. Um livro que agradará a todos que procuram aventura e magia. Fisher recebeu o prêmio de Melhor Livro do Ano de 2011 pelo The Washington Post, o Kirkus Reviews e o Publishers Weekly. “Uma história corajosa e de leitura mais que agradável, que se equilibra na linha divisória entre a fantasia e a ficção científica.” (Publishers Weekly) “A qualidade da escrita de Fisher, associada à popularidade desse gênero distópico, garante um ótimo público para a série. Além de tudo, o livro é excelente.” (School Library Journal) “Uma história bem-contada, que prende do começo ao fim.” (Kirkus Reviews)

A AUTORA
CATHERINE FISHER
lecionou Redação Criativa e desenterrou cerâmica romana em escavações arqueológicas. Atualmente, passa a maior parte do tempo escrevendo romances e poemas, desenhando, praticando esgrima e caminhando nos bosques do vale Wye. Vive no País de Gales com seus dois gatos, Jessa e Tam Lin.



Lançamento