sexta-feira, 26 de julho de 2013

DA VINCI PARA CRIANÇAS NA CAIXA CULTURAL CURITIBA



Máscaras e bonecos fazem parte da composição da peça que conta a história do pequeno Leonardo
A CAIXA Cultural Curitiba apresenta, nos dias 3 e 4 de agosto (sábado e domingo), a peça infantil “Leonardo – O pequeno gênio Da Vinci”, escrito e dirigido por Ivan Fernandes. O elenco é composto por Paulo Mathias Jr. (que interpreta Leonardo), Flávia Lopes, Lola Nascimento Borges, Marcelo Dias dos Santos, Claudio Amado, Fábio Felix e Miguel Gama, que dão vida a personagens, animais e paisagens, com apoio de máscaras e bonecos.
A peça conquistou quatro categorias do prêmio carioca Zilka Sallaberry, sendo melhor ator para Paulo Mathias Jr., melhor texto, melhor direção e melhor espetáculo infantil do ano de 2011. A montagem conta a história de um garoto chamado Leonardo, morador do pequeno e atrasado vilarejo de Vinci, fascinado pelos pássaros e pela possibilidade de construir uma máquina de voar.
Longe de ser uma biografia, a peça revela um Leonardo jovem e sonhador, com olhar atento à vida e às descobertas do mundo. O espetáculo recorre à licença poética para contar a história do garoto, com o uso de máscaras, bonecos e sonoplastia. “As máscaras foram usadas na preparação dos atores, durantes os ensaios e no espetáculo são usadas pelo coro que se desdobra em diversos personagens maiores. Os bonecos foram usados para dar vida aos animais como pássaros, cachorro, burro, borboletas, todos interagindo com o menino Leonardo”, explica o diretor Ivan Fernandes.
O palco nu se transforma no vilarejo renascentista com um painel que vira fundo para projeções e sombras que lembram os velhos desenhos no caderno de Leonardo, instigando a imaginação e investindo na formação de uma sensibilidade poética na criança. Criada especialmente para a peça, a trilha sonora de Samanta Renó remete ao univer­so musical renascentista e sublinha os climas dramáticos e cômicos, simbolizando tam­bém a passagem do tempo. “Leonardo – O pequeno gênio Da Vinci” desenvolve a imaginação das crianças e maneiras novas para buscarem conhecimento.
     
Ficha Técnica:
Texto e direção: Ivan Fernandes
Direção de arte e movimento: Flávia Lopes
Elenco: Paulo Mathias Jr, Cláudio Amado, Flávia Lopes, Marcelo Dias, Lola Borges, Fábio Felix e Miguel Gama
Direção musical: Samantha Renó
Iluminação: Aurélio De Simoni
Figurino: Cris Muñoz e Tânia Tartarelli
Cenário e adereços: Alexandre Guimarães
Bonecos: Alexandre Guimarães e Marcos Nicolaiewsky
Máscara e assentos: Marise Nogueira e Gabriela Bardy
Produtor local: Guilherme Marks
Informações e entrevistas:
Lyvia Rodrigues - (21) 8061-5853
Serviço:
Teatro infantil: “Leonardo – O pequeno gênio Da Vinci”
Local: CAIXA Cultural Curitiba – Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR)
Data: 03 e 04 de agosto de 2013 (sábado e domingo)
Hora: sábado às 15h30 e às 18h e domingo às 15h30
Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (conforme legislação e correntista CAIXA)
Bilheteria: (41) 2118-5111 (de terça a sexta-feira das 12h às 20h, sábado das 13h30 às 18h e domingo das 13h30 às 15h30)
Classificação etária: Livre para todos os públicos
Capacidade: 125 lugares (2 para cadeirantes)

segunda-feira, 22 de julho de 2013

MATSIA - O PEIXE QUE FALAVA E FAZIA OUTRAS COISAS por Shri Damodara

A muito estávamos esperando para nossos filhos e netos , e porque não para nós mesmos obras encantadoras e conteúdo pleno de amor e de ensimamentos. Bons ventos os trazem o selo Sankirtana Kids. Sabias palavras do Bhagavatam com a doçura do traço de grandes artistas e contadores de histórias. Experimente. Namaste! (E.C.)


O LIVRO


MATSIA - O PEIXE QUE FALAVA E FAZIA OUTRAS COISAS


por Shri Damodara




20 páginas



Tamanho: 21,5 x 21,5 centimetros



 Ilustrações coloridas



 Laminação fosca anti- reflexo (facilita a leitura)



 Textura sensorial



 Papertoy para montar












O SEU CONTEÚDO

Como pode um simples peixe ser tão fantástico?

Ele fala, cresce e me encanta.

Quem é esse peixe?

O que é essa missão sobre o que ele fala?

Com um coração humilde, entenderei esse mistério.



 UM LANÇAMENTO


quarta-feira, 10 de julho de 2013

Teatro Dr. Botica tem programação variada no mês de julho







Em julho, mês de férias, o Teatro Dr. Botica estende a sua programação também para os dias de semana. Será apresentada uma peça infantil diferente a cada dia, a partir desta quinta-feira (11), em duas sessões: às 15h e às 17h. Só não há apresentações às segundas e terças-feiras. Confira:



Dia 11 – ALBERTO, O MENINO QUE QUERIA VOAR - Misturando as linguagens do teatro de sombras e da música, a peça leva os espectadores de todas as idades, pais e filhos, à Paris do ano 1.900. As máquinas voadoras criadas por Alberto Santos Dumont são projetadas no palco com imagens de sombras. O espetáculo desperta o orgulho deste grande brasileiro que foi além dos seus limites e acreditou nos seus sonhos, por isso fez história.



Dia 12 - TEREZINHA, HISTÓRIA DE AMOR E PERIGO (Cia de Teatro Filhos da Lua) - Terezinha é uma colher de pau, o pai é um saca-rolha, a mãe uma panela de pipoca e o primo, Jony Boy, é uma caixa de fósforos disfarçada de príncipe medieval. Teatro de objetos, formas animadas, música e muita participação do público infantil são os ingredientes dessa trama, baseada na cantiga de roda ”Terezinha de Jesus”.



Dia 13 – LUDICAMENTE (Grupo Merengue) - A proposta da peça Ludicamente, que tem texto e direção de Olga Romero, é instigar cada espectador a criar seu próprio circo, com erros e acertos, estimulando a aceitação dos desafios com poesia e humor. A trajetória de sucesso do espetáculo reúne apresentações em importantes festivais brasileiros, sempre se destacando pela beleza plástica, figurino, cenografia e diversidade de técnicas utilizadas.



Dia 14 – AS AVENTURAS DE TITO E SEU CÃOZINHO (Cia Artymus) – O espetáculo enfoca as divertidas e poéticas aventuras do menino Tito e seu cãozinho Golias no dia a dia, na tentativa de conseguir realizar uma surpresa para a sua mãe, que são contadas por meio de bonecos da técnica de luva e vara.



Dia 17 - O COELHO E A TARTARUGA - Uma adaptação criativa e divertida sobre a fábula de Esopo e La Fontaine, A Lebre e a Tartaruga. Os animais vivem tranquilos na floresta até que situações de perigo, como incêndios e desmatamentos, começam a quebrar a sua harmonia. Todos se sentem em perigo, menos o coelho que credita sua tranquilidade à sua habilidade e velocidade. Uma pacata, mas segura tartaruga, resolve desafiá-lo para uma corrida. No final, vitória da Tartaruga, fruto de sua inteligência e planejamento, em confronto ao excesso de confiança e displicência do Coelho.



Dia 18 - O PESCADOR DE HISTÓRIAS - Espetáculo com bonecos e um ator. Fala da aventura de um pescador que sai para pescar histórias num mar de pessoas. O pescador canta e conta sobre a aventura que irá viver. Ao lançar sua rede imaginária, é engolido pelo mar de histórias. Ator, com figurino semelhante ao do boneco, canta a cantiga de roda "a canoa virou" e fala do mar de histórias. O espetáculo segue e ele encontra no mar muitas coisas: uma receita de bolinho, uma caixa, um livro e o próprio pescador com um objeto estranho – depois de um tempo a plateia percebe que é um espelho. Olhando-se no espelho, o pescador boneco e o ator descobrem que também são histórias.



Dia 19 - AS INFINDÁVEIS VERSÕES DE CAPUCHINHO E DO LOBO MAU – É um espetáculo de animação de bonecos e objetos destinado a todo tipo de público, que parte do conto tradicional Chapeuzinho Vermelho, de Charles Perrault, para apresentar de várias maneiras a mesma história. No início o ator começa pela leitura do conto e depois passa para a narrativa, interpretando todos os personagens. Depois, a mesma história é apresentada com bonecos e objetos de uso quotidiano como legumes, óculos e sapatos. Com o objetivo de despertar a imaginação de crianças, jovens e adultos, o espetáculo acaba por criar diversas possibilidades de interpretação e de apresentação de um mesmo conto.



Dia 20 - ARAÚJO E OFÉLIA - Conta a história de Araújo e Ofélia em três fases das suas vidas. Na infância, os protagonistas brincam e divertem-se. Já na adolescência, descobrem a paixão que nutrem um pelo outro, mas Ofélia parte para bem longe com a família. Reencontram-se já na velhice e a antiga paixão renasce entre eles. O espetáculo fala de amizade, de amor e da preservação da natureza.



Dia 21 - O PEQUENO SOLITÁRIO - Na Ilha da Cotinga, Litoral do Paraná, viviam um casal de pescadores e seu filho Robertinho. Como na ilha não moravam outras crianças, Robertinho, nosso pequeno solitário, para passar o tempo, procurava diariamente com o que brincar. Até o dia em que encontrou um grande caranguejo, que se tornou o seu grande amigo. E com essa amizade incomum, Robertinho viveu grandes emoções.



Dia 24 - AVENTURAS POSSÍVEIS (Grupo Teatral Autopeças) - Aventuras Possíveis narra situações fantásticas que cruzam livremente o limite entre a realidade e o sonho. Já imaginou acordar pela manhã e falar uma língua desconhecida, que ninguém entende? De abrir a torneira da pia e literalmente entrar pelo cano? Já não sentiu uma vontade imensa de gritar, gritar! Gritar o mais alto que puder? Essas são algumas das aventuras que o grupo apresenta neste espetáculo, fazendo um convite a um mergulho no universo psicodélico de Inácio Loyola Brandão, autor inspiração desse grupo de brincantes.



Dia 25 - NHÔ PINHÃO E NHÁ PIPOCA - Numa festa junina, Nhá Pipoca e Nhô Pinhão se apaixonaram loucamente, com correio elegante, casamento na quadrilha e tudo que se tem direito! Mas os jovens apaixonados não contavam com o pai dela, o zangado Zé Quentão. Zé Quentão já tinha planos: Nhá Pipoca tinha que casar com o famoso jogador Pé de Moleque – talentoso, um pouco esnobe, bom partido, sedutor. Mas Nhá Pipoca, apaixonada, não queria saber de nada, só do seu Pinhão, seu grande amor!



Dia 26 - O SACI E A PIPA (Bicho Carpinteiro Teatro de Bonecos) - O espetáculo infantil conta as aventuras do Saci, uma criatura travessa e muito brincalhona que se diverte com animais e pessoas, mas acaba criando muitas confusões com uma pipa.



Dia 27 - AVENTURAS DE REIS E RAINHAS (Cia de Artes Lua Nova) – Espetáculo de luvas inspirado na peça A Praça do Pensamento, de Laerte Ortega.



Dia 28 - OS BICHOS - Espetáculo de formas animadas realizado com marionetes (bonecos de fios), bonecos de luva e marrotes altamente elaborados, capaz de encantar crianças de todas as idades. Tendo como foco principal a música, arte tão presente em nosso cotidiano, conta a história de dois amigos, um boi e um burro que decidem deixar o sítio em que vivem e partir para a cidade grande. Acompanhados de seus amigos, preparam um grande show, com talentos até então desconhecidos.



Serviço:

Programação de férias do Teatro de Bonecos Dr. Botica

Local: Teatro Dr. Botica – Shopping Estação – Av. Sete de Setembro, 2.775

Datas e horários: de 11 a 14, 17 a 21 e 24 a 28 de julho, às 15h e 17h.

Ingressos R$ 15 e R$ 7,50 (estudantes, idosos e crianças de até 5 anos)

Informações: (41) 3323-7881

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Reestréia do espetáculo Avenida Q será no dia 6 de julho


Atenção:

A reestréia do espetáculo Avenida Q

será no dia 6 de julho,

sábado, às 16h, no Teatro Sérgio Cardoso



Sucesso em todo o Brasil,

visto por mais de  200.000.00 espectadores,

musical volta a São Paulo

em curta temporada popular

AVENIDA Q

Estreia no dia 6 de julho,sábado, às 16h

Recomendação: 14 anos





Sucesso de crítica e público em cidades como em Londres e Nova Iorque, onde lota diariamente o Golden Teather desde 2.003, Avenida Q é um retrato irreverente e politicamente incorreto da sociedade contemporânea.



Apesar de apresentar no palco a interação entre bonecos e atores, ele é indicado, e até recomendado, para maiores de 14 anos, por abordar temas atuais, como: a descoberta do sexo e do amor, a homossexualidade, o desemprego, a navegação na Internet, especialmente em busca de pornografia, entre outros, vão dando vida a uma galeria de tipos que travam uma árdua luta pela sobrevivência, mas sem nunca perder o bom humor.



O personagem principal desta história é Princeton, um jovem recém formado, de olhos vivos e brilhantes, que tem pouco dinheiro e muitos sonhos.



Ele acaba indo morar na Avenida Q, endereço onde consegue pagar o aluguel, e acaba encontrando vizinhos receptivos: o casal de noivos Brian e JapaNeuza (ele desempregado e com sonho de ser comediante e ela uma psicóloga que não têm pacientes), Nick e Rod (companheiros de quarto, sendo que Rod guarda um grande segredo pessoal), Trekkie (um monstro viciado em internet), Katie (uma linda professora-assistente do jardim de infância) e o zelador Gary (Gary Colleman, um menino que fez sucesso na TV).



No desenrolar da história, Princeton se depara com as dificuldades que surgem no dia a dia e fica numa grande dúvida quanto ao rumo que deve tomar em sua vida


A História do espetáculo



Avenida Q começou sua carreira no circuito off - broadway, no Vineyard Theatre, em Março de 2003, onde ganhou opiniões entusiasmadas e foi prorrogada mais de quatro vezes.



Ganhou o Prêmio Lucille Lortel Outstanding New Musical em 2003, bem como uma nomeação para o prêmio Outer Critics Circle Outstanding Off-Broadway Musical. A carreira na Broadway, no Golden Theatre, começou em 11 de Julho de 2003 com as pré-temporadas e com lançamento em 31 de julho de 2003.



Em uma repetição das suas realizações em New York, durante o 2.004 TONY AWARDS em que ganhou, entre outros, o prêmio de Melhor Musical, em Londres Avenue Q bateu toda a concorrência e ficou com o Variety Club Award 2006. Anunciado em uma cerimônia no Hotel Savoy no domingo, 19 de novembro, o Prêmio foi recebido por todo o elenco.



Sucesso de crítica e público em diversas cidades como em Londres e Nova Iorque, onde lota diariamente o Golden Teather desde 2.003.







Serviço

Avenida Q

.Texto: Jeff Whitty

.Versão Brasileira Original: Claudio Botelho

.Direção Original: Charles Möeller

.Direção Geral: Christina Trevisan

.Direção Musical e Preparação Vocal: Adriano DiSidney

Elenco: Marilice Cosenza / Roberto Donadelli / Will Anderson /

Leandro Lacava / Carla Masumoto / Adriano DiSidney

Andreza Medeiros / Rafael Pucca / Marcos Lanza

Talitha Pereira / Andrei Presser

Reestreia: dia 6 de julho de 2013, sábado, às 16h.

Temporada: até 25 de agosto

Horários: quartas e quinta feiras às 21h

e  aos sábados e domingos, às 16h.

. Classificação etária: Indicado para maiores de 14 anos

. Duração: 2h15

Gênero: Comédia Musical

Capacidade: 856 lugares

. Preços: R$ 40,00 inteira e R$20,00 meia entrada

.Bilheteria do teatro: De quarta a domingo a partir das 14 hs até a hora do espetáculo

.Vendas antecipadas: De quarta a sábado das 14 ás 19 hs

Local: Teatro Sergio Cardoso – Sala Sergio Cardoso

Rua Rui Barbosa, 153 - Bela Vista - SP

(11) 3288 0136

Vendas pela Internet: Ingresso Rápido

www.ingressorapido.com.br

4003.1212

















FICHA TÉCNICA

AVENIDA Q

.Letras e Musicas

Robert Lopez e Jeff Marx

.Texto

Jeff Whitty

.Baseado na idéia Original de

Robert Lopez e Jeff Marx

.Versão Brasileira

Claudio Botelho

.Direção Original

Charles Möeller

.Direção Geral

Christina Trevisan

.Direção Musical e Preparador Vocal

Adriano DiSidney

.Coordenação de Manipulação de Bonecos

João Bresser

.Bonecos Concebidos e Desenhados por

Rick Lyon

.Cenário

Rogério Falcão

.Figurinos

Mareu Nitschke

.Iluminação Original

Paulo César Medeiros

.Designer de Som Original

Marcelo Claret

.Orquestrações

Stephen Oremus

.Vídeos

Renato Jabuka

O elenco do espetáculo musical Avenida Q,

para o Brasil, é composto por:

.Roberto Donadelli

(Princeton e Rod)

.Marilice Cosenza

Kate Monstra e Lucy De Vassa

.Jonathas Joba

(Brian)

.Leandro Lacava

(Nick e Trekkie Monstro)

.Carla Masumoto

(Japa Neusa)

.Adriano DiSidney

(Gary Coleman)

.Andreza Medeiros

(Ursinha do Mal, Trekkie Monstro / “Kate Monstro, Lucy De Vassa” (Swing)

.Rafael Pucca

(Ursinho do Mal / “Princeton, Rod” (Swing)

.Will Anderson

(“Brian” (Swing)

.Marcos Lanza

(“Trekkie Monstro / Nicky e Ursinho do Mal Azul” (Swing)

.Talitha Pereira

(“Japa Neusa / Ursinha do Mal / Dona Coisa Ruim” (Swing)

.Andrei Presser

(Teclado 01)

.Confecção Das Cabeças Gigantes

Fernando Gomes

.Confecção das Caixinhas Cantantes

LFC Bonecos

.Confecção do Inflável

Air Show

.Cenógrafa Assistente

Natália Lana

.Cenotecnico

André Salles e Equipe

.Cenotecnico - SP

Jorge Basto

.Produção de Objetos e Adereços

Natália Lana

.Pintura Cenográfica

Naira Santana

.Pintura Cenográfica - Manutenção - SP

Fabinho Nascimento

.Ilustrações de Plotagens

Barbara Lana

.Assistente de Figurino

Priscila Peliks

.Costureira – SP

Raimundo – Erivelto

.Visagismo

Beto Carramanhos

.Perucaria

Simone Momo

.Iluminador Assistente

Darhiel Souza

.Sonoplastia

Marcelo Claret

.Camareira

Rita Andrade

.Contrarregras

André Ferreira

Rogério Febraio

.Operador de Luz

Leandro Justino

.Operador de Som

Bruno dos Reis

.Microfonista

Felipe Marcondes

.Direção de Técnica

Giselle Said

.Programação Visual e Fotos

Erik Almeida

.Gestão Cultural

Via Cultura

.Assistente de Produção

Elis Braga

.Direção de Produção

Valdir Archanjo

Ubirajara Saide

Encantos da Amazônia de Luciana Garcia, Maria Eugência




Encantos da Amazônia


de Luciana Garcia, Maria Eugência   


Selo: Pruminho
Páginas: 40

Tamanho: 20x26 cm
Ano: 2013








O livro é delicioso mas só por este resgate de lenda já valeria cada centavo, leia um trecho -

" (...) Tá chegando alguém aí - comentou o tucano.
(...) E não é alguém qualquer - comentou o tucano - É o pajé...
- ...Tamaquaré - um indio (...)Era uma figura que transmitia certo medo (...) - Então você está aí, Traidr !
- Não sou traidor - respondeu o tucano.
-Ah não? Além de traidor é mentiroso !
Os primos observavam a discussão sem saber o que fazer, quando o índio agarrou o bico do tucano e começou a puxá-lo, dizendo :
- Isto  é para você aprender a não fazer mais fofocas ! A partir de agora, não poderá mais falar nem voar longe também, para deixar de espalhar notícias que  não são de sua conta! - E o indio tanto puxou, tanto puxou que o bico do tucano foi crescendo e se entortando, como permaneceu até nossos dias

Pano rápido!






O LIVRO
A Amazônia é um lugar encantador, repleto de aves coloridas, macacos engraçadinhos, rios espelhados e muito, muito verde para todo lado. Mas seus verdadeiros encantos se originam do clima mágico, dos mistérios de suas lendas, dos sons inexplicáveis, dos fantásticos relatos indígenas. Viaje nesta história repleta de magia e conheça, ao lado de uma divertida turminha, os Encantos da Amazônia.




UM LANÇAMENTO