segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Todo-poderoso Timão em quadrinhos



Todo-poderoso Timão em quadrinhos
de Ziraldo Alves Pinto


Genero: Histórias em quadrinhos infantojuvenil
Páginas: 112
Formato: 19,0 x 27,5 cm

Quantas vezes você já ouviu seu pai, seu avô, um tio, amigo ou vizinho dizendo ser corintiano desde pequenininho? É que corintiano que é corintiano é assim mesmo: já nasce querendo saber tudo sobre o Timão, respirando Corinthians em casa, na escola, na hora de brincar. Igualzinho ao Mosquetinho ( mascote do time) que o leitor conhecerá nas páginas do livro Todo-poderoso Timão.

Curioso como toda criança de sua idade, o Mosquetinho não dá sossego para ninguém. Quando o assunto é Corinthians, todo mundo entra na dança para ajudá-lo a conhecer melhor a história, os craques, os títulos, as conquistas, os grandes jogos, símbolos, enfim, as “tradições e glórias mil” do Corinthians.

Entre uma história e outra, Mosquetinho protagoniza algumas aventuras enquanto vai conhecendo a história do seu time do coração, paixão dividida também por seus familiares. A mãe confecciona as roupas para os jogos e o pai só o deixa ir ao estádio devidamente paramentado: com a fantasia de mosqueteiro - em alusão ao mascote do clube.

Como fã do Corinthians, Mosquetinho vive momentos inesquecíveis como assistir pela primeira vez uma final de campeonato no estádio, viajar com a torcida para ver um jogo em outro estado do Brasil e participar de uma peneira para entrar na escolinha de futebol. Tudo para acompanhar mais de perto a história do Timão.




UM LANÇAMENTO

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Tem post novo no Blog do Le-Heitor.




Heitor foi à Bienal e conheceu um monte de escritores - última parte: http://blogdoleheitor.sintaxe.com.br

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

A MENINA QUE PENSAVA DEMAIS


A MENINA QUE PENSAVA DEMAIS - Diário de uma ET
Tati Bernardi


Número de Páginas: 70



Ser aceito pelo mundo, aceitar a si próprio, se sentir incluído, pare­cer alguém de verdade.

Quem não vive ou já viveu esse dilema?

Um ET, talvez.

Porque Joana, personagem que nasceu na cabeça de Tati Bernardi e escreveu este diário, vive em seu dia a dia o drama de se sentir diferente. Igualzinho às outras meninas da sua idade.

Como na obra-prima Flicts, de Ziraldo, ou como em O Estrangeiro, de Camus, temos aqui a história de uma pessoa que tenta encontrar o seu lugar neste mundo. E, em sua trajetória, às vezes pensa que não é deste mundo. Ou que este mundo não tem lugar para ela. Que o mundo seja generoso com Joana e com todas as outras pes­soas que nasceram aqui na Terra.

Tão generoso quanto Tati está sendo, ao dividir os segredos de Joana com a gente.

Adriana Falcão


A AUTORA

TATI BERNARDI tem três livros de contos publicados, é cronista da editora Abril, roteirista da TV Globo e publicitária. Este é o seu segundo livro para pré-adolescentes.